Ação política de cineastas durante a ditadura

Filmar Operários: Registro e Ação Política de Cineastas Durante a Ditadura Militar no Brasil (Editora Appris), de Marcos Corrêa, foi um dos livros lançados durante o Congresso Nacional da Intercom, realizado na USP, em setembro. Para apresentar a obra, sua sinopse destaca que, "ao deparar-se com a urgência de filmar operários em seus embates políticos, oito cineastas intervieram e representaram os novos movimentos sociais que ressurgiram durante a ditadura civil e militar no Brasil. Com base nisso, o autor se propõe a analisar os embates e jogos desse processo de representação nas narrativas cinematográficas sobre os trabalhadores industriais urbanos, tendo como enfoque os processos de produção audiovisual e as temáticas que envolveram operários urbanos entre as décadas de 1970 e 80”.

O livro pode ser encontrado em http://www.editoraappris.com.br/produto/filmar-operarios-registro-e-acao-politica-de-cineastas-durante-a-ditadura-militar-no-brasil#.

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA