Intercom Centro-Oeste comemora participação de alunos e pesquisadores da região

O XX Intercom Centro-Oeste recebeu cerca de 500 participantes no campus da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) em Campo Grande, entre os dias 15 e 17 de junho. Com forte participação de alunos, pesquisadores, professores e profissionais de comunicação da própria região, o evento superou as expectativas.

“A região Centro-Oeste conta atualmente com apenas quatro programas de pós-graduação em Comunicação, e é carente de congressos na área. A presença de alunos e pesquisadores no Intercom Centro-Oeste é muito importante, pois incentiva a pesquisa regional e estimula a participação efetiva em congressos nacionais, inclusive o Intercom Nacional”, avalia a Profa. Dra. Daniela Ota (UFMS), diretora regional Centro-Oeste da Intercom e coordenadora do evento.

Todos os programas de pós-graduação de Ciências da Comunicação do Centro-Oeste, além de instituições de outras regiões do Brasil, participaram das Divisões Temáticas, com a apresentação de pesquisas parciais ou concluídas de mestrado e doutorado, o que ajudou a promover a integração entre os pesquisadores.

O congresso também ofereceu 17 oficinas e minicursos, ministrados tanto por professores e doutorandos quanto por profissionais da área, como locutores, produtores de rádio e TV, profissionais do jornalismo impresso e de assessoria de comunicação. O diálogo entre o mercado e a academia também se estabeleceu nas mesas do Ensinocom, que inovou ao promover duas mesas: a primeira tratou da formação do profissional de comunicação frente aos novos mercados de trabalho, com a presença de gerentes de jornalismo dos principais veículos do Mato Grosso do Sul; e a segunda abordou a mesma temática, porém na perspectiva do ensino, com a participação de professores e universidades.

A abertura do Intercom Centro-Oeste 2018 foi uma palestra da jornalista Débora Prado, coordenadora de projetos do Instituto Patrícia Galvão, que apresentou o tema deste ano, “Diversidade, Gêneros e Comunicação”. A mesma temática, mas com uma perspectiva regional, foi abordada pela mesa de maior repercussão do congresso: além de professores e pesquisadores do Centro-Oeste, o debate teve a participação de Fabricio Pupo Antunes, estudante sul-mato-grossense de apenas 15 anos de idade que desenvolveu um estudo sobre sexo, gênero e orientação sexual a partir da análise literária da obra “A Garota Dinamarquesa”, de David Ebershoff – o que lhe rendeu a primeira colocação na categoria Ciências Humanas da 16ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). “Fabricio é aluno convidado no mestrado de antropologia da UFMS e fala sobre o tema com muita pertinência, com base em metodologia de pesquisa e de leitura. Todos queriam muito conversar com ele, que foi muito aplaudido. Já tínhamos nomes expressivos da academia na mesa, e a participação de Fabricio trouxe um novo ponto de vista”, afirma a Profa. Daniela Ota.

No último dia, os congressistas ainda puderam torcer juntos pela seleção brasileira, que fez sua primeira partida na Copa do Mundo da FIFA 2018. O jogo foi transmitido ao vivo em um telão e, a seguir, foi realizado o prêmio Expocom.

O quinto e último congresso regional, o Intercom Nordeste, será entre os dias 5 e 7 de julho, na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) em Juazeiro.

Acompanhe o Intercom Nordeste 2018 no site e napágina do Facebook

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA