Dia 20

Programação segue com mesas-redondas, oficinas e palestras

Durante o dia 20, além da apresentação de trabalhos, houve mesas-redondas, oficinas, minicursos e palestras importantes na programação.

Comunicação, política e cidadania


Mesa-redonda “Comunicação, política e cidadania" - Foto: Facebook


A mesa-redonda “Comunicação, política e cidadania” discutiu a democratização da mídia e a relação dos cidadãos com os meios de comunicação. Participaram da mesa, mediada pelo professor Luiz Carlos do Carmo (PUC-GO/UFG), os debatedores Pedro Mundim (UFG), Luiz Cláudio Martino (UnB) e Luiz Signates (PUC-GO/UFG). No encontro, lembrou-se que poucas pessoas sabem o que é se submeter a um regime de influência midiática e houve divergência entre o grau de influência da mídia na atual crise brasileira.


Relação entre comunicação e educação

Com a presença das professoras Angela Teixeira (PUC-GO/UFG), como mediadora, e Mirza Seabra (UEG), Cleide Aparecida (UFG) e Rosana Ribeiro (UFG), a mesa-redonda “Interfaces da relação entre comunicação e educação” foi um momento de propor ideias e fazer reflexões a respeito de qual papel a comunicação deve desempenhar no campo comunicacional, como possível ferramenta pedagógica importante e inovadora.


“Interfaces da relação entre comunicação e educação” - Foto: Facebook


Futuro do jornalismo em pauta


Luciana Moherdaui (à esq.) e Simone Tuzzo - Foto: Facebook


Duas palestras trataram do tema do futuro do jornalismo. Luciana Moherdaui, falando de “Jornalismo sem manchete”, lembrou que o leitor migrou do impresso para os portais da web e, depois, para as mídias sociais. No Twitter, com seus 320 milhões de usuários, não há manchete, definiu-se outra forma de exibir o conteúdo. Simone Tuzzo, em “Os sentidos do jornal impresso”, fez um contraponto e ressaltou que o jornal em papel ainda serve de base para outras mídias.


Documentário e fotografia são temas de oficinas

Em um dia de muitas oficinas e minicursos, a professora Eliani Covem falou aos participantes sobre a técnica de criação e produção de um documentário. Já a professora Mariana Capeletti, ao abordar o tema “Arte e fotografia”, explicou quais são as principais formas de impressão fotográfica e colocou em prática a cianotipia. Imagens pessoais em negativo, flores e folhas foram colocados em contato com produtos químicos, expostos ao sol e depois molhados para que a imagem tomasse forma.



Mariana Capeletti e participantes da oficina - Foto: Facebook

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7557
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA



Horário de atendimento:
SOMENTE NA INTERCOM PINHEIROS