Intercom 2018 teve mais de mil trabalhos submetidos para os GPs


Como tem acontecido em anos anteriores, o 41º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2018), a ser realizado de 2 a 8 de setembro em Joinville (SC), atraiu um grande número de pesquisadores para seus 34 Grupos de Pesquisa (GPs): ao todo, foram submetidos 1.069 trabalhos. Merecem destaque os dois novos GPs do congresso, que, apesar serem realizados pela primeira vez neste ano, tiveram 73 trabalhos submetidos.

Inaugurados no Intercom 2018, o GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros recebeu 43 trabalhos e o GP Comunicação e Religião, 30 trabalhos. “Isso mostra que foi acertada a criação dos dois grupos, pois havia realmente uma demanda dos pesquisadores para essas áreas”, avalia Nair Prata Moreira Martins, professora adjunta da Universidade Federal de Ouro Preto e diretora científica da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom).

Os GPs que tiveram maior número de submissões foram: GP Publicidade e Propaganda, GP Comunicação e Cultura Digital, GP Comunicação e Educação, GP Cinema, GP Relações Públicas e Comunicação Organizacional, GP Rádio e Mídia Sonora, GP Teoria do Jornalismo e GP Comunicação, Música e Entretenimento, além do GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros. Outros 340 trabalhos foram submetidos para o Intercom Jr. e 12, para os Colóquios.

Com a ampla participação de pesquisadores, professores e estudantes de todas as regiões do Brasil tanto nos GPs quanto nas demais atividades, que girarão em torno do tema central “Desigualdades, Gêneros e Comunicação”, o Intercom 2018 reafirma sua relevância no campo da Comunicação. “Os números mostram que os congressos da Intercom reúnem a pesquisa em Comunicação no país, desde os pesquisadores iniciantes, que estão nos cursos de graduação, até os sêniores, que atuam nos cursos de pós-graduação brasileiros. Poucas entidades científicas têm vigor para realizar seis congressos anuais – sendo cinco regionais e um nacional – com números tão expressivos”, afirma a Profa. Nair Prata.

Os aceites e a agenda das apresentações serão divulgados nesta semana. Os participantes, independentemente de apresentarem trabalhos ou não, podem se preparar para um congresso bem organizado e com uma programação diversificada e multifacetada, com colóquios, mesas, fóruns, lançamentos de livro e premiações. “Com o tema central ‘Desigualdades, Gêneros e Comunicação’, a Intercom se propõe a chamar os pesquisadores a pensar, do ponto de vista da ciência, os modos de contribuir para uma sociedade mais inclusiva e respeitosa com as mulheres, a comunidade LGBT, pessoas com deficiência, pessoas negras e indígenas e outros grupos em situação de vulnerabilidade. Para além dos trabalhos apresentados no evento, a Intercom acredita que pode contribuir para a expansão de modos de estar no mundo, em especialmente em ambientes de educação, mais hospitaleiros a esses grupos”, conclui a diretora científica da entidade.

É possível se inscrever no Intercom 2018 até o dia 8 de agosto. Mais informações sobre inscrições no Portal Intercom.

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA