EXPOCOM 2019: INSPIRE-SE EM TRÊS VENCEDORES DA CATEGORIA RP

14 de janeiro de 2020

Todos os anos, a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) realiza a Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom), em que estudantes de graduação têm a oportunidade de apresentar seus projetos no congresso da Intercom em sua região. Os vencedores de cada modalidade na etapa regional se apresentam novamente no congresso nacional da Intercom, cujo encerramento é marcado pela cerimônia de premiação final da Expocom.

Em 2020, as instituições de ensino superior poderão indicar projetos para a etapa regional da Expocom a partir do dia 2 de março (o prazo varia conforme a região). As chamadas de trabalhos podem ser conferidas no Portal Intercom.

Para inspirar alunos, professores, coordenadores e gestores de todo o Brasil, o JORNAL INTERCOM segue com a série especial sobre a Expocom 2019. A seguir, três vencedores da categoria de Relações Públicas contam como foi participar da exposição e como vencer a premiação impactou e impactará suas jornadas acadêmicas e profissionais. Confira.

INTERVENÇÃO FEDERAL NO RIO DE JANEIRO: a memória social como influência nas narrativas e as relações públicas como resistência
MODALIDADE: RP02 Pesquisa em Relações Públicas (avulso)
EQUIPE: Bárbara Perrupato Duarte
ORIENTADORA: Else Lemos
INSTITUIÇÃO: Faculdade Cásper Líbero
DESCRIÇÃO: O objetivo foi analisar a memória social como elemento influenciador das narrativas (hegemônicas e contra-hegemônicas), e o papel das relações públicas e do ativismo como resistência à narrativa proposta pela grande mídia. O contexto escolhido foi a intervenção federal no Rio de Janeiro iniciada em fevereiro de 2018, tema controverso apresentado na grande mídia e em espaços alternativos. A memória social acerca da ditadura militar e de outros períodos autoritários veio à tona. Acredita-se que essa proposta permita discutir possibilidades e indagações sobre as relações públicas, incluindo ativismo e resistência a fenômenos como o silenciamento das memórias, oferecendo oportunidade de se proporem narrativas que desafiem as metanarrativas impostas pela grande mídia. O estudo trata de um contexto contemporâneo e estabelece correlações entre a memória social e sua influência nas narrativas, e vice-versa. Além disso, verifica de que forma as relações públicas podem estar vinculadas à promoção de um ambiente narrativo-discursivo mais democrático.
DEPOIMENTO: “Na etapa regional, foi interessante conhecer a pesquisa de outros colegas do Sudeste. O conteúdo do congresso também foi muito rico, sem dúvida uma experiência muito importante em minha formação acadêmica. A pesquisa é parte fundamental da formação humana e intelectual. Para mim, vencer a Expocom 2019 é uma motivação para continuar no caminho científico. É muito importante saber que as Ciências Humanas ainda são reconhecidas e que temos muito o que desenvolver e apresentar para a sociedade. Assim, vou continuar atuando como relações públicas e pesquisando sobre Comunicação. Se tudo der certo, em 2020 inicio o mestrado.” – Bárbara Perrupato Duarte

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE CRIAÇÃO DE UMA ORGANIZAÇÃO ESTUDANTIL INTERNACIONAL NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
MODALIDADE: RP11 Planejamento estratégico de Relações Públicas (avulso)
EQUIPE: Luiza Helena Fortes Viana de Mesquita
ORIENTADOR: Edmundo Brandão Dantas
INSTITUIÇÃO: Universidade de Brasília (UnB)
DESCRIÇÃO: Diante dos esforços da Universidade de Brasília para fortalecer seu processo de internacionalização, o trabalho apresenta uma proposta de organização sem fins lucrativos movida por alunos locais, que deverão gerir demandas de acolhimento, de comunicação e de integração social entre estudantes locais e internacionais, espaço acadêmico e cidade. Busca-se construir um espaço para convivência, diálogos informais, desenvolvimento de relações pessoais, esclarecimento de dúvidas e auxílio, além de proporcionar ações sociais, recreativas, cívicas, culturais e socioambientais e intervenções dentro e fora da universidade.
DEPOIMENTO: “Quando o nome de meu trabalho foi anunciado, na cerimônia de premiação da Expocom 2019, em Belém, fiquei surpresa, pois não achava que fosse ganhar. Foi um sentimento de que todo esforço valeu a pena. Quase não consegui ir à premiação… Esse reconhecimento é um reforço para continuar desenvolvendo, estudando e trabalhando ideias e projetos que possam gerar um retorno positivo para outras pessoas. É saber que o conhecimento pode te levar a vários lugares, que é o caminho para desenvolvimento pessoal e coletivo. Pretendo, agora, implementar o projeto na UnB e, futuramente, me envolver com empreendedorismo social.” – Luiza Helena Fortes Viana de Mesquita


imaginaRIO: PENSANDO A CIDADE PÓS-MEGAEVENTOS
MODALIDADE: RP03 Organização de evento (avulso)
EQUIPE: Jessica Ferreira Dray (aluna líder), Ricardo Ferreira Freitas, Fausto Amaro Ribeiro Picoreli Montanha, Débora Gauziski de Figueredo Bueno, Ana Clara Camardella Mello, Thamiris dos Santos Lima de Castilho, Douglas Vinicius Alves Barrozo, Ana Clara Pontes Pinto, Ana Luiza Oliveira da Costa e Raisa Lace Correa.
ORIENTADOR: Ricardo Ferreira Freitas
INSTITUIÇÃO: Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
DESCRIÇÃO: O trabalho apresenta as etapas de organização e os resultados do seminário imaginaRIO, realizado pelo Laboratório de Comunicação, Cidade e Consumo (Lacon) entre os dias 27 e 29 de novembro de 2018 no auditório do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGCom/UERJ). O objetivo principal do evento foi promover um debate sobre os desdobramentos dos megaeventos realizados na cidade do Rio de Janeiro, especialmente a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos.
DEPOIMENTO: “Quando ouvi o nome do meu trabalho sendo anunciado na cerimônia da Expocom 2019, senti emoções muito fortes. A mente deu uma bloqueada – a gente não sabe se corre para buscar o prêmio, se comemora ou se pede para repetirem o anúncio só para ter certeza. É maravilhoso subir no palco, receber o reconhecimento de tanta gente incrível e ainda saber que você vai poder levar aquela conquista para o grupo. Vencer a Expocom é uma grande conquista pessoal e acadêmica, que se torna ainda mais especial por eu estar ali representando o Laboratório e Comunicação, Cidade e Consumo (Lacon), do qual faço parte. Receber esse reconhecimento é uma felicidade para todos nós, principalmente para nosso coordenador, Ricardo Freitas. Por não ser uma conquista e uma felicidade só minha, o momento é mais inesquecível ainda.” – Jessica Ferreira Dray

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA