INTERCOM SUL 2022 ENCERRA CALENDÁRIO DE CONGRESSOS REGIONAIS 2022

22 de junho de 2022

O XXI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul (Intercom Sul 2022) terminou no sábado (18/06) com a festa de premiação de trabalhos experimentais da etapa regional do Expocom, após dois dias de intensa programação acadêmico-científica no campus da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Com esse evento, a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) encerra sua temporada 2022 de congressos regionais, cujo objetivo é fomentar a pesquisa, o ensino e a extensão em Ciências da Comunicação nos cinco cantos do país.

“Este Intercom Sul começou a ser pensado ainda em 2019, mas sua realização em 2020 foi suspensa devido à pandemia de covid-19. Mesmo com dois anos de pausa, mantivemos nossa conexão com a Univali, cuja organização foi genial. A excelente infraestrutura local – da universidade e de Balneário Camboriú – foi fundamental, assim como o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e o envolvimento de parceiros locais”, conta Cristiane Finger (PUCRS), diretora Regional Sul da Intercom. “O Sul é tradicionalmente o maior congresso regional da Intercom, e estávamos apreensivos com o retorno presencial em 2022. Mas a aceitação foi incrível, com números expressivos de inscrições e submissões. Saí encantada do congresso.”

Cerca de mil congressistas passaram pela Univali para participar das sessões do Intercom Júnior (IJ) e das Divisões Temáticas (DTs) – com 138 trabalhos aceitos –, conferir os mais de 240 trabalhos finalistas do Expocom Sul 2022, participar de oficinas e minicursos, assistir a conferências e mesas, e curtir atividades culturais.

Para Hans Peder Behling, diretor da Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade da Univali e coordenador da organização do congresso, embora tenham ficado abaixo dos anos anteriores à pandemia, os números representam uma grande vitória. “Tivemos o maior número de inscritos entre os regionais da Intercom. E, no aspecto qualitativo, a avaliação não poderia ser melhor, pois houve uma verdadeira mobilização da equipe interna (coordenadores, professores, funcionários e alunos) e também do público externo, que nos forneceu somente feedbacks positivos ao longo dos dias do evento”, comemora. “Os minicursos e oficinas, com temas atrativos, tiveram boa adesão dos participantes; as sessões do Expocom, do IJ e das DTs transcorreram com tranquilidade; a conferência de abertura e as mesas temáticas foram de altíssimo nível, com participação efetiva do público; e a cerimônia de premiação do Expocom foi muito animada e empolgante”, enumera.

Depois de um dia de oficinas, minicursos e apresentações do Expocom, a noite de quinta-feira (16/06) teve a primeira mesa, com Ivana Ebel (Universidade de Derby), Denise Becker (ObjETHOS/RNCD/Renoi) e Paulo Ferracioli Silva (IDDC) debatendo fact checking com mediação de Carlos Roberto Praxedes dos Santos (Univali); seguida pela conferência de abertura, com o jornalista Leandro Demori (Intercept Brasil), que conversou sobre “A reportagem investigativa no combate à desinformação” com Cristiane Finger. “Demori falou para um auditório cheio sobre a importância de utilizar todas as técnicas e tecnologias disponíveis, de forma a não fazermosjornalismo para jornalistas, mas para as pessoas”, conta Cristiane. “As mesas temáticas, com profissionais do mercado e da academia, também foram muito interessantes. Na mesa sobre cobertura de guerra, por exemplo, o jornalista Rodrigo Lopes, enviado especial da RBS para cobrir a guerra na Ucrânia, fez um relato sobre esse tipo de cobertura, tirando o glamour que os estudantes talvez imaginassem.”

A sexta-feira (17/06) foi preenchida pelas apresentações do IJ e das DTs, pelo Publicom (com o lançamento do livro “Notas sobre Arquivo”, de Sarah Zewe Uriarte Vieira) e pela Exposição de Programas e Projetos de Extensão. No final do dia, a mesa temática “O mercado da comunicação no combate à desinformação” teve a presença dos publicitários Sílvio Soledade (APP), Jailson Sá (Sinapro-SC) e Yuri Aizemberg (D/Araújo) e mediação de Giovana Cristina Pavei (Unvali).

Além de apresentações musicais, o congresso promoveu uma mostra de curtas-metragens vencedores do Festival Nacional de Cinema Universitário Tainha Dourada, com sessões na quinta e na sexta-feira.

O Intercom Sul 2022 foi encerrado no sábado, com a festa de premiação da etapa Sul do Expocom 2022, que é a mostra competitiva de trabalhos de pesquisa experimental promovida pela Intercom. Agora, os vencedores vão automaticamente para a etapa nacional, que será realizada durante o 45º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2022) na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa.

“Confesso que o planejamento foi angustiante, pois estávamos mesmo bem apreensivos em relação ao comportamento dos congressistas neste retorno aos eventos presenciais. No entanto, o transcorrer do evento foi muito tranquilo – trabalhoso, mas prazeroso para todos”, conclui o coordenador da organização.

Confira o álbum de fotos do Intercom Sul 2022 no Facebook.
No perfil @intercomsul2022 no Instagram, também há vídeos e fotos. Clique aqui.

“Os congressos regionais da Intercom são muito importantes para que os estudantes ampliem seus horizontes para além de suas instituições, troquem experiências e conhecimentos, encontrem pesquisadores que são suas referências bibliográficas… Enfim, são uma oportunidade realmente única. E nossa missão, enquanto entidade sem fins lucrativos, é continuar nos empenhando e buscando formas de promover esses encontros”, afirma Cristiane Finger.

Em 2023 tem mais!

intercom BRIGADEIRO

SÃO PAULO - SP
(11) 3892 7557
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h




Desenvolvido por Kirc Digital - www.kirc.com.br