EXPOCOM 2022: PREPARE-SE PARA A ETAPA NACIONAL

27 de julho de 2022

Está chegando a etapa nacional da Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom), mostra competitiva de produções desenvolvidas no âmbito da graduação promovida anualmente pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). Participam do prêmio Expocom nacional os trabalhos vencedores nas cinco etapas regionais, realizadas no primeiro semestre no âmbito dos congressos regionais da Intercom.

Ao todo, 240 trabalhos estão concorrendo na etapa nacional, distribuídos entre as 65 modalidades, por sua vez organizadas em seis categorias: Jornalismo; Publicidade e Propaganda; Relações Públicas e Comunicação Organizacional; Cinema e Audiovisual; Transdisciplinar; e Rádio, TV e Internet.

Nesta nova etapa, todos os trabalhos serão novamente avaliados (por pareceristas diferentes dos regionais) e apresentados presencialmente em 6 de setembro, durante o 45º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2022) – que será realizado de 5 a 9 de setembro na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em João Pessoa. Os vencedores serão anunciados na festa de encerramento do congresso, no dia 9 de setembro.

Aos(às) estudantes finalistas, vale lembrar que não é necessário submeter os trabalhos para a etapa nacional e que todos(as) os(as) alunos(as) líderes já estão inscritos(as), com isenção da taxa, no Intercom 2022. Para garantir a participação de cada trabalho na competição, basta que o(a) aluno(a) líder ou um(a) coautor(a) devidamente indicado(a) no trabalho e inscrito no congresso esteja presente em João Pessoa no dia 6 de setembro para a apresentação –– orientadores(as) não podem fazer a apresentação, que é atividade exclusiva de estudantes autores(as).

Trabalhos que não forem apresentados serão desclassificados. Há apenas um caso excepcional que gera dispensa: se o(a) aluno(a) líder testar positivo para covid-19 pelo menos dez dias antes do evento e não tiver coautor(a) para apresentar, deverá enviar comprovante dessa condição para que o vídeo (já submetido na etapa regional) substitua a apresentação presencial.

Para esquentar os motores, o JORNAL INTERCOM passa a divulgar, a partir desta edição, as listas de finalistas em cada categoria. Confira, a seguir, os trabalhos que estão concorrendo na categoria Jornalismo e acompanhe as edições das próximas semanas para conhecer os finalistas das demais categorias.

EXPOCOM 2022 – FINALISTAS NA CATEGORIA JORNALISMO

JO01 – Agência escola/júnior de jornalismo
Agência Brasileira de Jornalismo – Mariana Rafaela dos Santos (Unasp)
EJ Brava: projetos plurais de Comunicação - Raquel de Oliveira Alves (UFMS)
Fatos Narrativas Midiáticas – Eduardo Veiga Nogueira (PUCPR)

JO02 – Projeto de assessoria de imprensa
Comunicação para, com e sobre a pessoa idosa: projeto de assessoria para a Unapi - Rafaela Teodoro Brauna (UFMS)
Plano de Comunicação Estratégico Euripedes Barsanulfo – Isabella Vasconcelos Silva (UFU)
Projeto de Assessoria de Imprensa para PELD Costa dos Corais Alagoas é Comunidade – Luan Gabriel Alves de Oliveira (Ufal)

JO03 – Jornal-laboratório
Jornal Opine – Nicoly Bruna Chemilowski Borges (Unicentro)
Projétil (96 e 97) - Gabriel Neri Gonçalves de Matos (UFMS)
Rondon Notícias: jornal impresso comunitário - Rogério Alves da Silva Filho (Unifesspa)
Tobias Barreto: cultura e comércio – uma série de reportagens sobre três movimentos econômicos e culturais no município – Letícia Imperatriz Ribeiro Nery (UFS)

JO04 – Revista-laboratório
O Berro – Impresso – Yuri Euzébio (Unicap)
Revista imprensa – CDM – Giovana Juliatto Bordini (PUCPR)
Revista Narrativa – Elisa Maria Almeida Fontes dos Santos (UPM)

JO05 – Produção laboratorial em audiojornalismo e radiojornalismo
É nós aqui embaixo? Histórias de povos enraizados no Pantanal - Alíria dos Santos Aristides (UFMS)
PodQueen – Felipe dos Santos Reis (UFPR)
Vidas (in)Visíveis – Yuri Anderson Simões Pereira (Ufop)

JO06 – Produção laboratorial em videojornalismo e telejornalismo
Canal Modalogia101 - Isabela Caldas de Souza Leão (UFT)
O avesso da fome – Maria Carolina Noronha (UMC)
Telejornal-laboratório Terceiro Planalto – Amanda Rodrigues (Unicentro)

JO07 – Produção laboratorial em jornalismo digital
Acesso a quem? Infografia multimídia sobre acessibilidade em Campo Grande – Evelyn de Jesus de Mendonça (UFMS)
Barca do povo: mídia alternativa dentro da universidade – Joá Bitencourt (Univali)
Relações de poder e opressão: o silenciamento de mulheres vítimas de assédio no trabalho - Vitória Soriano Soares (UFT)
Reportagem O espetáculo não pode parar – Gabriel Amarim de Mattos Souza (UFBA)

JO08 – Produção jornalística para mídias sociais
Menstruô – Sofia Helena Magagnin (PUCPR)

JO09 – Reportagem em jornalismo impresso
Bocas de rango: a esperança diária da população em situação de rua – Gustavo Henrique Honório de Moraes (Mackenzie)
Das grades ao palco: a arte que resgata vidas - Rogério Antônio de Lima Júnior (UFMT)
Inflamável - Maria Vitória Woldan (UFSC)
O sistema prisional, como um todo, é adoecedor: a violação dos direitos humanos nas penitenciárias femininas cearenses - Thamy Maria Cavalcante Barbosa (Unifor)
Rondonenses buscam melhores condições de vida nos EUA – João Carlos Oliveira (Unifesspa)

JO10 – Reportagem em áudio/radiojornalismo
Mercado de trabalho para população negra – Érika Garda (PUCRS)
Primeiro campeonato de futebol feminino da história de Cachoeira – Júlia Maciel (UFRB)
Que falta faz o toque – Isabelle de Oliveira (UFV)

JO11 – Reportagem em vídeo/telejornalismo
Aulas remotas: "se vira", diz Secretário de Educação sobre alunos sem equipamento – Milena de Fatima Chezanoski (PUCPR)
Jovens talentos do esporte pernambucano – Osmar Cordeiro Guedes Alcoforado (Unicap)
Os 11 anos da tragédia da região Serrana: um olhar para Nova Friburgo – João Pedro Boaretto (UFF)
Reportagem especial: Ameaças de Complexo de Usinas no Rio Cuiabá - Michael Esquer (UFMT)

JO12 – Livro-reportagem
A dor do outro: histórias de invisibilidade e de reação em tempos de peste - Ellen Chrystina da Silva Travassos (UniCeub)
Meu Vogue é Preto! Sobre moda, racismo e pandemia - João Pedro Farias Monteiro (UFT)
Mira: crônicas e memórias do hospital psiquiátrico de Fortaleza – Davi César Batista Soares (UFC)
Nascidos para a vida pública – Cláudia Santos Silva (UFPR)
Você sabe como termina – Raquel Kie Oshio (Mackenzie)

JO13 – Produção em fotojornalismo
Anfíbios - Ralf Cordeiro Batista (Ufam-Parintis)
As vidas perdidas por Covid-19 - Bruna Machado (UCDB)
Narrativa fotográfica e construção imagética em marketing político – Alzenqueberson Sapassini Tamanini (Faesa)
O sustento vem do mar – Joyce Thays Moser (Furb)
Pesca Artesanal em Rio Formoso: Ancestralidade e Memória – Aline Melo de Oliveira (UFPE)

JO14– Produção em jornalismo de opinião
Carnaval só no Greenville – Giselly Correa Barata (UFC)
Crônica: "Esperando o tempo mudar o mundo" - Giuliana Pires do Nascimento (FBN)
O bem-casado - Bruno Vinicius de Jesus (UFMT)
Vale tudo para quebrar o tabu? - Isabela de Carvalho Abrão (UEL)

JO15 – Documentário jornalístico e grande reportagem em áudio e rádio
À beira do campo: um podcast sobre os narradores esportivos do futebol amador em Cuiabá e Várzea Grande - Gabriel de Souza Pinto Almeida (UFMT)
A Chacina do Curió: Uma história sem fim – Maria Estela Moreira de Assis (Unifor)
Mulheres no cárcere - Isadora Vargas Candeia Freitas (PUCPR)
No rastro da pólvora – Carolina Ferreira da Rocha (UMC)

JO16 – Documentário jornalístico e grande reportagem em vídeo e televisão
Descolonizar-te: o olhar da mulher sobre a memória colonial – Gabriela Passos de Oliveira Melo (Unicap)
Nossa oferta – Letícia Pereira Petile (Unoeste)
Os impactos da Covid-19 nos profissionais da saúde municipal de Gurupi-TO - Lucas Carvalho Silva (Unirg)
Peregrinos de Aparecida - Lidiane Cristina Rodrigues Antunes (UFMS)
Pulmão de pedra: os riscos da exposição ao amianto no Brasil – Luiz Fernando Hanusz (UFPR)

intercom BRIGADEIRO

SÃO PAULO - SP
(11) 91628-5225
AV. BRIG. LUÍS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, DAS 8H ÀS 12H E DAS 13 ÀS 17H (ATENÇÃO: NOS MESES DE JULHO E AGOSTO NÃO HAVERÁ ATENDIMENTO PRESENCIAL.
ENTRE EM CONTATO POR E-MAIL OU POR TELEFONE. O ATENDIMENTO TELEFÔNICO É DAS 9H ÀS 16H).




Desenvolvido por Kirc Digital - www.kirc.com.br