INFORMATIVO INTERCOM, SÃO PAULO, 29 DE SETEMBRO DE 2020

ENCONTRO INTER-REGIÕES INTERCOM COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA

Evento virtual segue até 30 de outubro, com mesas temáticas, Fórum Ensicom e festas de premiação Expocom 2020

Leia também:
• Intercom 2020: submissões até 12/10
• 13/10: Seminário Mídias Possíveis: Corpo, Racismo e Religião
• GP Estéticas, Políticas do corpo e Gêneros realizará colóquio durante o Intercom 2020
• Notícias dos parceiros Intercom

Nesta quinta-feira, dia 1º, será dada a largada do Encontro Inter-regiões Intercom, evento virtual que a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) realiza ao longo de todo o mês de outubro. A partir das 19h30, todos os participantes inscritos poderão acompanhar a mesa inaugural, em que o jornalista Leonardo Sakamoto (Uol/Repórter Brasil) e a publicitária Christina Carvalho Pinto (Hollun) falarão sobre o tema central da Intercom em 2020, “Um mundo e muitas vozes: da utopia à distopia?”.

A programação do Encontro Inter-regiões Intercom terá a seguinte estrutura: mesa-redonda ou palestra às quintas-feiras, cujo link será enviado na véspera por e-mail a todos os inscritos no evento; e festa de premiação regional da Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom) às sextas-feiras, com transmissão ao vivo aberta ao público no YouTube da Intercom. Todos os itens da programação estão marcados para começar às 19h30.

Além da mesa inaugural no dia 1º de outubro, os participantes inscritos poderão acompanhar com exclusividade o Fórum Ensicom, que reunirá no dia 8 os professores Eduardo Meditsch (UFSC), Juliana Petermann (UFSM) e Margarida Kunsch (USP). No dia 15, a mesa-redonda “Distopias cognitivas: o monopólio do discurso” terá a participação dos pesquisadores Antônio Fausto Neto (Unisinos), Aparecida Luzia Alzira Zuin (Unir), Erick Felinto (UERJ) e Helder Prior (UFMS). Na quinta-feira seguinte, dia 22, os convidados Almires Martins Machado (Instituto Indígena Brasileiro para a Propriedade Intelectual), Ana Carolina Temer (UFG), Cid Benjamin (ABI), Eneus Trindade (USP) e Marcela Donini (Matinal) estarão na mesa-redonda “Batalhas de significado nas narrativas comunicacionais”. E, no dia 29 de outubro, a jornalista Patrícia Campos Mello (Folha de S.Paulo) fará a palestra de encerramento.

Vale ressaltar que a mesa inaugural, o Fórum Ensicom, as duas mesas-redondas e a palestra de encerramento serão transmitidas com exclusividade para quem se inscreveu no Encontro Inter-regiões Intercom, que receberá os respectivos links um dia antes de cada evento no e-mail informado na inscrição.

EXPOCOM: COMPARTILHAMENTO NAS REDES SOCIAIS
Já as festas dos prêmios regionais Expocom 2020 serão transmitidas ao vivo para o público geral (inscrito ou não no Encontro Inter-regiões). “As premiações da Expocom tradicionalmente marcam o encerramento dos congressos regionais da Intercom. Neste ano, devido à pandemia, tivemos de criar uma solução alternativa virtual. Mas queremos manter a emoção dessas festas, que são tão importantes para os estudantes de graduação e para o fomento do ensino de qualidade no campo da Comunicação”, afirma a professora Ariane Carla Pereira Fernandes (Unicentro), diretora Cultural da Intercom e coordenadora geral do Encontro Inter-regiões Intercom.

Assim, os participantes das etapas regionais da Expocom 2020 estão convidados a publicar fotos e vídeos de sua comemoração, marcando os perfis oficiais da Intercom nas redes sociais para compartilhar essa emoção com toda a comunidade das Ciências da Comunicação. No Facebook, basta marcar @intercomcomunicacao nas publicações. Já no Instagram, os Stories que marcarem @intercom_oficial serão incorporados aos Stories em destaque no perfil da Intercom. “Queremos que estudantes de Norte a Sul do Brasil mostrem a alegria de ter seus trabalhos experimentais reconhecidos. Venham comemorar conosco!”, convida a professora Ariane.

As festas da Expocom 2020 farão o anúncio dos vencedores regionais em cada categoria e terão apresentações culturais ao vivo, sempre a partir das 19h30 no YouTube da Intercom. As datas são as seguintes:

CENTRO-OESTE: 2 de outubro
SUL: 9 de outubro
SUDESTE: 16 de outubro
NORTE: 23 de outubro
NORDESTE: 30 de outubro

EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS EM SALAS VIRTUAIS
Embora o ponto alto da Expocom seja a premiação, seu principal objetivo é expor os melhores projetos experimentais realizados nos cursos de Comunicação de todo o Brasil no último ano letivo. Por isso, todos os inscritos no Encontro Inter-regiões poderão conferir os trabalhos finalistas na área reservada on-line. Os trabalhos serão disponibilizados em salas virtuais, sendo que cada região tem uma data para abertura das salas (clique aqui e role a página até CALENDÁRIO EXPOCOM).

A professora Ariane avalia que, neste sentido, a modalidade virtual do evento neste ano é positiva: “Se no formato presencial os congressistas ficavam restritos a uma região e precisavam selecionar as salas da Expocom que visitariam, neste ano será possível conferir todos os trabalhos finalistas, bastando entrar nas salas virtuais enquanto durar o Encontro Inter-regiões”.

Mais informações no Portal Intercom.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

INTERCOM 2020 RECEBE ARTIGOS ATÉ 12 DE OUTUBRO

Pesquisadores e estudantes de Comunicação e áreas afins têm até o dia 12 de outubro para submeter seus artigos aos Grupos de Pesquisa (GPs) e Intercom Júnior (IJ), no âmbito do 43º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2020). O prazo para autores fazerem sua inscrição no congresso é 6 de outubro. Os mesmos prazos valem para pesquisadores que queiram lançar livros e periódicos no Publicom, durante o congresso.

O Intercom 2020 ocorrerá no período de 1º a 10 de dezembro, em modalidade virtual devido à pandemia de covid-19, com realização da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) em parceria com a Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom-UFBA).

Calendário, taxas, chamada de trabalho e normas de submissão podem ser conferidos no Portal Intercom, onde os interessados também devem se inscrever e submeter seus trabalhos. Na mesma página, é possível conferir a programação preliminar do congresso, composta por colóquios, fóruns, conferências, mesas temáticas, premiações e o Ciclo de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, além de lançamento de livros (Publicom), sessões de apresentação de trabalhos (GPs e IJ) e 80 opções de oficinas e minicursos.

As inscrições de ouvintes no Intercom 2020 seguem até 6 de novembro – lembrando que o prazo para autores de trabalhos submetidos se inscreverem é 6 de outubro. Para informações, inscrições, chamada de trabalhos, normas e submissões, acesse a página do Intercom 2020 no Portal Intercom.

Acompanhe as novidades do Intercom 2020 no site oficial, Facebook, Instagram e Twitter.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

GP COMUNICAÇÃO E RELIGIÃO PROMOVE SEMINÁRIO VIRTUAL NO DIA 13

O Grupo de Pesquisa (GP) Comunicação e Religião da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) promove, em parceria com o Grupo de Estudos Mídia, Religião e Cultura (MIRE), o Seminário Mídias Possíveis: Corpo, Racismo e Religião. O seminário será realizado em modalidade virtual no dia 13 de outubro, das 14h às 16h.

As palestrantes convidadas são a artista, pesquisadora e professora da dança Franciane Kanzelumuka, que é doutoranda em Artes pela Unesp, onde integra o grupo de pesquisa Terreiro de Investigações Cênicas e o Núcleo Negro para Pesquisa e Extensão (NUPE/IA), Kota Manganza no Inzo Musambu Hongolo Menha, cofundadora e codiretora artística da Nave Griscia Cênica; e a professora, historiadora e ativista Nádia Ominodô de Ologunèdé, que é Ialorixá à frente da Comunidade da Compreensão e Restauração Ilê Asé Logun Edé. A mediação será feita pela pesquisadora e professora Paula Salles, integrante do GP Comunicação e Religião da Intercom, mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), especialista em Estudos Contemporâneos em Dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), bacharel e licenciada em Dança pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e fundadora da Ouvindo Passos Cia de Dança.

Pesquisadores, estudantes, docentes e qualquer pessoa interessada no tema podem se inscrever gratuitamente no Seminário Mídias Possíveis: Corpo, Racismo e Religião, bastando enviar seus dados para o e-mail gp.religiao@intercom.org.br. Todos os inscritos receberão o link para a sala do Zoom previamente ao início do seminário.

Mais informações sobre o GP Comunicação e Religião podem ser conferidas no Portal Intercom.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

INTERCOM 2020: GP ESTÉTICAS, POLÍTICAS DO CORPO E GÊNEROS REALIZARÁ COLÓQUIO SOBRE COMUNICAÇÃO ANTIRRACISTA

O Grupo de Pesquisa (GP) Estéticas, Políticas do corpo e Gêneros da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) promoverá o colóquio “Por uma comunicação antirracista: epistemologias, metodologias e práticas culturais” durante sua sessão de apresentação de trabalhos no 43º Congresso Brasileiro de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). O congresso será realizado de 1º a 10 de dezembro em modalidade virtual e está com chamada de trabalhos até 12 de outubro (mais informações aqui).

Proposto coletivamente pelos participantes do GP Estéticas, Políticas do corpo e Gêneros da Intercom, o colóquio discutirá as possibilidades de uma comunicação antirracista a partir da constatação de um problema crônico, que implica a formulação de um debate amplo e muito focado nas diversas formas de racismo colocadas em prática, seja no cotidiano, nas dimensões institucionais do Estado, no mercado, em âmbitos públicos e/ou privados, no campo das indústrias culturais e de entretenimento.

Na justificativa do colóquio, o GP escreve: “Embora acontecimentos marcantes e trágicos tenham feito emergir a pauta da questão antirracista (como o assassinato de Marielle Franco, no Brasil, e George Floyd, nos EUA), persiste a demanda de que a temática seja melhor contextualizada pela pesquisa em Comunicação no Brasil. Os efeitos perversos que a pandemia de COVID-19 tem apresentado indicam, de forma ainda mais intensa, que as principais vítimas fatais da doença são as populações negras, dos bairros periféricos de todo o Brasil, expondo assim que mesmo as catástrofes do século XXI incidem de forma muito distinta em diferentes corpos.

A centralidade do debate racial nos últimos anos tem destacado também a necessidade de refletirmos sobre esse fenômeno a partir dos processos e das práticas comunicacionais antirracistas. Nesse sentido, acreditamos ser imprescindível compreendermos como as redes sociais, as mídias digitais e tradicionais, assim como as demais produções simbólicas e meios de comunicação mobilizam a temática em questão. É por isso que atentamos para a necessidade de um amplo diálogo nas Ciências da Comunicação, destacando a urgência em refletirmos sobre as possíveis epistemologias, metodologias e práticas culturais que podem contribuir para uma comunicação de caráter socialmente justo e democrático.”

Os detalhes sobre o GP Estéticas, Políticas do corpo e Gêneros podem ser conferidos no Portal Intercom.

As inscrições no Intercom 2020 seguem até 6 de novembro, sendo que o prazo para autores de trabalhos submetidos se inscreverem é 6 de outubro. A chamada de trabalhos para os GPs fica aberta até 12 de outubro. Para informações, inscrições, normas e submissões, acesse a página do Intercom 2020 no Portal Intercom.

Acompanhe as novidades do Intercom 2020 no site oficial, Facebook, Instagram e Twitter.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

NOTÍCIAS DE PARCEIROS INTERCOM

Rede Nacional de Combate à Desinformação – No último dia 24 de setembro, foi lançada oficialmente a Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCD), em evento ao vivo no YouTube. Originada em um projeto de pós-doutorado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a RNCD já conta com a participação de cerca de 40 agências de comunicação, educomunicação e fact-checking, redes e núcleos de pesquisa, observatórios, revistas, coletivos e entidades científicas – entre elas, a Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Socicom), da qual a Intercom faz parte.

Atualmente, a RNCD engloba projetos de monitoramento de fake news e de fact-checking, que levam informação precisa e necessária para a sociedade, de contranarrativas e que trabalham com informação científica e popularização da ciência. Além disso, a Rede está aberta para agregar outras iniciativas que estejam alinhadas com a proposta de combate à desinformação no Brasil e em outros países.

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA